Nota de pesar

A Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) lamenta profundamente o falecimento do desembargador Cristovam Daiello Moreira, ocorrido na manhã desta quarta-feira (25), em Porto Alegre.

Um dos pioneiros da formação de magistrados, fundou a primeira escola de magistratura do Brasil, ainda no fim dos anos 70. Foi incentivador e idealizador da criação de várias escolas de magistratura de vários estados da Federação. Dedicou-se muito à formação de magistrados. Era um grande idealista. A Enfam reconhece muito a sua contribuição.

Nós podemos dizer que o desembargador Cristovam Daiello Moreira e o ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira foram os dois grandes nomes pioneiros na formação de magistrados. O ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira fundou a Escola de Minas, Escola oficial vinculada ao Tribunal, e o desembargador Cristovam Daiello Moreira criou a Escola da Magistratura do Rio Grande do Sul.

Temos uma gratidão eterna a esses dois grandes nomes, e hoje reverenciamos a memória do desembargador Cristovam Daiello Moreira – com muito carinho e respeito pela contribuição que ele deu para a formação de magistrados.

Desembargador Eladio Lecey
Presidente da Comissão de Desenvolvimento Científico e Pedagógico