Emerj abre inscrições para evento gratuito sobre Gênero e Direito na América Latina

A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) abre inscrições para o Seminário Internacional Gênero e Direito – desafios para a despatriarcalização do Sistema de Justiça na América Latina. A iniciativa recebe apoio da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), da Organização das Nações Unidas (ONU Mulheres), da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), da Organização Não Governamental Cidadania, Estudo, Pesquisa, Informação e Ação (Cepia) e da Rede Latino-Americana de Acadêmicos do Direito (Red Alas).

O evento – que tem o intuito de reunir representantes do México, da Colômbia, Argentina, do Chile, Peru, da Espanha e participantes de diferentes estados do Brasil – será gratuito e ocorrerá nos dias 6 e 7/12/2018. A iniciativa é inédita no campo da magistratura e busca promover discussões acerca de temas como patriarcalismo, feminicídio, identidade de gênero, dominação e movimentos feministas, antirracistas e anti-homofobia no Sistema de Justiça na América Latina.

No canal Emerj Eventos no YouTube, a juíza Adriana Ramos de Mello (TJRJ) – presidente do Fórum Permanente de Violência Doméstica, Familiar e de Gênero da Escola da Magistratura do Rio de Janeiro e membro da Comissão Especial de Segurança da Mulher do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher-Cedim/RJ – convida para o Seminário Internacional.

“É importante debatermos com pesquisadoras da América Latina, porque a nossa realidade é diferente da europeia ou norte-americana. Trazer historiadoras, antropólogas, personalidades importantes do Direito desses países e fazer esse intercâmbio é importante para o Brasil, para discutirmos a descolonização do Direito”, destacou a juíza Adriana Ramos de Mello.

A programação completa e as inscrições estão disponíveis no portal da Emerj.

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional da Emerj