Encontro do FONAJE discute responsabilidade social de magistrados

O XXXIV Fórum Nacional dos Juizados Especiais [FONAJE], que está sendo realizado no Recife (PE), tem como tema “Responsabilidade Social nos Juizados Especiais”. O objetivo do encontro é sensibilizar os entes estatais sobre a necessidade de estruturar melhor os juizados especiais para aprimorar a prestação jurisdicional. Entre outros tópicos, estão sendo discutidas as inovações no processo civil, a problemática da dependência química e a justiça terapêutica.

Representante da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados – Ministro Sálvio de Figueiredo (Enfam) no encontro, o juiz auxiliar Ricardo Chimenti, destacou o engajamento dos membros do FONAJE na luta contra o abuso no consumo de drogas. “A Enfam, uma antiga parceira do FONAJE, está pronta para difundir as melhores práticas apresentadas durante o encontro, para a solução do problema”, disse.

O FONAJE foi instalado em 1997 e se reúne regularmente para debater temas de interesse dos juizados especiais de todo o país. O Fórum tem como metas aprimorar os serviços dos juizados, a troca de informações entre magistrados e a padronização de procedimentos.