Enfam encerra Curso de Formação Inicial de novos juízes do TJAM

Os 47 magistrados recém-empossados no Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM) concluíram, na última sexta-feira (18), o Curso de Formação Inicial de Magistrados, promovido pelo TJAM, por meio da Escola Superior da Magistratura do Amazonas (Esmam).

A Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) encerrou o módulo com a apresentação da aula Juiz Contemporâneo II, pelo desembargador e presidente da Comissão de Desenvolvimento Científico e Pedagógico, Eladio Lecey, e pelo secretário-geral, juiz Carl Olav Smith, ambos da Enfam.

O curso, que precede a designação dos juízes que reforçarão o trabalho nas Comarcas da Justiça estadual no interior, totalizou 600 horas-aula. Nele foram abordados temas como: Improbidade Administrativa; Direito Agrário e Conflitos Fundiários; Saúde Metal e Direitos Humanos; e Visão Estratégica do INSS.

Além das aulas teóricas, os magistrados acompanharam uma sessão de julgamento do Tribunal do Júri, no Fórum Ministro Henoch Reis, em Manaus.

Para o juiz de Direito Geildson de Souza Lima, que assumirá a Comarca de Caapiranga, a formação foi importante para o desenvolvimento humano. O curso proporcionou “o ambiente perfeito para refletirmos sobre os problemas sociais a serem enfrentados no interior do Amazonas. Problemas como questões raciais, violência doméstica, aproximação da Justiça com a comunidade, exploração sexual de crianças e adolescentes, vulnerabilidade econômica e social da população, além de termos contato com assuntos modernos como Justiça Restaurativa e técnicas de administração judiciária”, enfatizou o magistrado.

*Texto: Elisângela Araújo/Esmam, com adaptações.