Enfam inicia formação inicial de novos juízes do TJAM

A Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados – Enfam começou, nesta segunda-feira (19), o módulo nacional do Curso de Formação Inicial para 47 juízes recém-ingressos no Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas – TJAM.

As atividades do curso ocorrem de hoje a sexta-feira (23) na sede da Escola Superior da Magistratura do Amazonas – ESMAM, em Manaus (AM).

No módulo nacional os novos juízes aprimoram sua visão da magistratura, a partir de informações de caráter teórico-prático que buscam conscientizá-los de seu papel no Poder Judiciário e na sociedade.

Participaram da abertura do evento o presidente da Comissão de Desenvolvimento Científico e Pedagógico da Enfam, desembargador Eladio Luiz Lecey; o coordenador de cursos da ESMAM, juiz Paulo Feitoza, e a secretária-geral e executiva da ESMAM, Márcia Levi.

Na primeira palestra, o desembargador Eladio abordou a formação e o desenvolvimento do juiz contemporâneo, cujo perfil é visto como ponto fundamental na transformação do Judiciário.

À tarde, o juiz Marco Antônio Barros Guimarães, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região – TRF1, tratou do tema Ética e Humanismo, explorando como esses conceitos podem contribuir dentro das funções do magistrado em sua atuação jurisdicional.

Ao longo do curso, os participantes serão expostos também a outros temas de relevância nacional – como políticas raciais, questões de gênero, justiça restaurativa, infância e juventude e o juiz e o mundo virtual. Ao todo, a programação envolve 40 horas-aula.

O curso no TJAM é o segundo do gênero que a Enfam ministra em 2018. No fim de janeiro, uma equipe da Escola Nacional foi a Maceió (AL) para realizar o módulo nacional do Curso de Formação Inicial de 12 juízes recém-ingressos no Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas – TJAL.

Confira mais fotos no Flickr da Enfam.