Enfam promoveu webinário “Descomplicando a pesquisa”

As aulas ocorreram nos dias 11 e 12 de julho de 2022

A Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) realizou o webinário “Descomplicando a pesquisa” nos dias 11 e 12 de julho. A ação foi ministrada pelo professor e doutor em Educação com ênfase em Avaliação pela Universidade de Brasília (UnB) Erisevelton Silva Lima e teve o objetivo de capacitar e auxiliar o corpo docente e discente da Enfam na confecção de pesquisas científicas e elaboração das teses de mestrado.

Aprendendo a perguntar na pesquisa científica
No primeiro dia de capacitação os (as) magistrados (as) tiveram a oportunidade de compreender as direções de como realizar uma boa pesquisa científica. De acordo com o professor Erisevelton: “Uma boa pergunta pode originar um trabalho de qualidade”. Ele explicou que quanto mais delimitada a pergunta que precede a pesquisa científica, há menos riscos para o trabalho final.

Foram abordadas as questões filosóficas e científicas que estão por trás da confecção de um trabalho de mestrado, no que diz respeito a como realizar a pesquisa e o porquê desenvolvê-la de determinada maneira.

Aprendendo a escrever como pesquisador
O segundo dia de capacitação foi marcado pela explicação sobre a elaboração da hipótese e como ela se relaciona com a pesquisa científica. O professor abordou os cuidados que os alunos devem ter com a escrita científica, como evitar o uso de gírias, juízos de valor e palavras que expressem empolgação. “A escrita do pesquisador vai emergindo quanto maior for a clareza do objeto de estudo. O texto científico precisa ter clareza, grau de objetividade, para que não fique suscitando muitas dúvidas”, complementou.

O doutor pela UnB apresentou a estruturação do objeto de estudo, da problemática de pesquisa que está relacionada às questões que o mestrando procura responder no trabalho, os objetivos gerais e específicos, as metodologias e a estrutura de trabalho. Falou também sobre a análise dos dados coletados e como examinar as informações.

Ao final, foi realizada uma atividade prática com os presentes a fim de exercitar a escrita científica.