Enfam realiza Curso de Formação Inicial para juízes recém-ingressos do TJCE

A terceira edição de 2016 do Curso de Formação Inicial – Módulo Nacional será realizada para os juízes recém-ingressos no Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE). Os formadores da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) vão ministrar a capacitação no período de 11 a 15 de abril, na cidade de Fortaleza – CE.

O diretor-geral da Enfam, ministro Humberto Martins, e o secretário-geral, desembargador Fernando Cerqueira Norberto dos Santos, participam da abertura do curso.

A formação inicial tem como objetivo proporcionar ao magistrado o conhecimento teórico-prático relativo à atividade judicial, considerando suas múltiplas facetas e as diferentes atribuições que assumirá como agente político e social.

O módulo nacional é estruturado em temas que possibilitam a inclusão do juiz recém-ingresso no contexto do trabalho judicial, conscientizando-o do papel a desempenhar e a relação de seu trabalho com o Poder Judiciário e com a sociedade.

Metodologia e avaliação

A proposta metodológica tem uma orientação humanística, sistêmica e pragmática, e utilizará métodos que primem pela participação ativa dos formandos, incentivando o compartilhamento das experiências, e a interação com o formador.

A avaliação de aprendizagem, com foco qualitativo e formativo, que terá como base as atividades realizadas em sala de aula, consistirá na resolução de casos, de acordo com cada temática abordada e em conformidade com as determinações do professor, em sala de aula.

Os juízes-alunos com 100% de presença no curso e que realizarem a atividade avaliativa terão direito à certificação. Os certificados de participação no Curso de Formação Inicial serão disponibilizados na plataforma da Enfam em até 30 dias úteis após a finalização do módulo.

Programação

As aulas ministradas pelos formadores da Enfam serão sobre os seguintes temas: O Juiz e as Relações Interpessoais e Interinstitucionais; Demandas Repetitivas e os Grandes Litigantes; Mediação e Conciliação; Violência Doméstica; Sistema Carcerário; O Juiz e a Sociedade; e Gestão de Pessoas.