Enfam realiza evento sobre Educação Judicial com professor australiano

coloquioNesta segunda-feira (25), diretores e coordenadores pedagógicos das escolas judiciais e da magistratura do Brasil participaram do Colóquio Educação Judicial um agente de liderança e mudança, em Vitória (ES). O evento foi aberto pelo juiz, Paulo Tamburini, secretário-geral da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) e teve como palestrante o professor Livingston Armytage, diretor do Centro de Estudos Judiciais de Sydney, na Austrália.

Com mais de 40 anos de experiência e atuação em mais de 30 países, o professor apresentou um panorama global da educação que é oferecida aos magistrados e os principais desafios enfrentados pelos formadores. Ele também destacou que o juiz tem o tradicional papel de protetor dos valores da sociedade e deve estar sempre atualizado para que possa cumprir sua função com competência.

Para o diretor da Escola da Magistratura de Rondônia, Sansão Saldanha, “nós temos observado que, para resolver a questão dos processos na justiça brasileira, precisamos de duas linhas de ação. Uma delas é a educação e a outra é a tecnologia. Nesse instante estamos recebendo informações, isso é um trabalho constante, no sentido de trazer sempre para as escolas da magistratura, novas ideias conceituais a respeito de uma maneira como poderíamos enfrentar e atacar essa demanda que é imensa”.

Segundo o juiz Wellington Magalhães, representante da Escola da Magistratura do Tocantins “nós vivemos na era da informação e nessa época, a qualificação contínua dos magistrados e servidores do Poder Judiciário é pressuposto de excelência na prestação dos serviços jurisdicionais.”

Para a juíza Marlúcia Ferraz Moulin, o Colóquio “é um evento que traz um professor que já de longa data trabalha com a formação de magistrados em vários países e com a perspectiva de um magistrado como um líder de modificação para a nossa sociedade”.

O Colóquio foi realizado pela Enfam em parceria com a Escola da Magistratura do Espírito Santo (EMES).

Com informações da Ascom/TJES