Enfam realiza Formação de Formadores Nível 2

Iniciou nessa terça-feira (25) o curso Formação de Formadores Nível 2 – Oficina comunicação e uso de recursos tecnológicos no processo de ensino-aprendizagem. A ação educacional segue até quinta-feira (27) e possui carga de 20 horas-aula.

A formação tem por objetivos promover a participação do aluno no desenvolvimento da aula, possibilitar a identificação de elementos relacionados à comunicação, embasado nos conceitos de metodologias ativas e protagonismo discente e, ainda, analisar conceitos de dialética e comunicação nos trabalhos de Vygotsky, Bakhtin e José Manuel Moran.

O curso tem como eixos temáticos: Estabelecimento de diálogos em espaços educativos; A sala de aula como espaço de aprendizagem e fenômeno social; Gestão da sala de aula; O papel do comunicador e do interlocutor; Aspectos da comunicação que apoiam o desenvolvimento da atuação docente; Promover a participação do aluno no desenvolvimento da aula expositiva dialogada; e O eu docente e os recursos ao meu dispor: meu corpo, instrumentos e tecnologias.

O formador Luís Fernando Tavares ressalta a importância da comunicação no processo de ensino-aprendizagem. Para ele, esse fenômeno deve ser afetivo, empático e acolhedor.

“Eles devem refletir como o interlocutor deve ser participe da aula, pensando na ideia da Enfam de construção coletiva do conhecimento. Se ele está participando do meu espaço de fala, ele está produzindo conhecimento junto comigo. Partindo disso, nós resgatamos a figura do formador como facilitador, como mediador do conhecimento e, no final, para fechar a formação, nós veremos estratégias práticas, recursos tecnológicos, postura, corpo, voz e intervenções”, explica o formador.

A atividade formativa é conduzida em formato de oficina por articular teoria e prática, partindo da premissa de que no processo de ensino e aprendizagem, a prática deve ser considerada como elemento mediador na construção do conhecimento.

Veja mais fotos no Flickr da Enfam.