Enfam realiza no Pará o primeiro Módulo Nacional da Formação Inicial do semestre

Na próxima semana (1º a 5/8), a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) realizará o Módulo Nacional do Curso de Formação Inicial em Belém (PA). A sede da Escola Superior da Magistratura (ESM), do Tribunal de Justiça do Pará, recepcionará 12 juízes recém-ingressos na magistratura daquele estado. A Enfam e a ESM atuarão em cooperação com a Escola Superior da Magistratura do Amazonas (ESMAM), e uma magistrada do Tribunal de Justiça do Amazonas, também recém-ingressa, participará do módulo.

A proposta metodológica tem orientação humanística e é baseada no protagonismo dos magistrados. O objetivo do curso é proporcionar aos participantes o conhecimento teórico-prático relativo à atividade judicial que será exercida por eles.

O Módulo Nacional apresenta temas que possibilitam a inclusão do juiz recém-ingresso no universo do trabalho judicial, conscientizando cada um sobre o papel que desempenhará junto à sociedade e ao Poder Judiciário.

Algumas das aulas tratarão dos seguintes assuntos: O Juiz e as Relações Interpessoais e Interinstitucionais; Políticas Raciais; Impactos Econômicos e Sociais das Decisões Judiciais; Mediação e Conciliação; Demandas Repetitivas e os Grandes Litigantes; entre outros.

Os magistrados formadores dessa edição do Módulo Nacional no Pará são: Ana Cristina Monteiro de Andrade Silva, juíza do TRF4; José Henrique Torres, juiz do TJSP; Marco Antônio Barros Guimarães, juiz do TRF1; Maria Bernadete de Azevedo Figueiroa, procuradora de Justiça do Ministério Público de Pernambuco; Holídice Cantanhede Barros, juiz do TJMA; Sara Fernanda Gama, juíza-auxiliar do TJMA; Úrsula Gonçalves Theodoro de Faria Souza, juíza do TJRO e Vânila Cardoso André de Moraes, juíza do TRF1.