Enfam realiza oficina de alinhamento e aprofundamento pedagógico

A Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) convidou os futuros e os mais recentes formadores de formadores para participarem da Oficina de Alinhamento e Aprofundamento Pedagógico, realizada em dois dias (2 e 3 de abril), no total de 20 horas-aula.

Promovido pela própria Escola, teve o intuito de proporcionar aos participantes que atuarão como formadores da Enfam o aprofundamento das teorias e metodologias que sustentam as propostas iniciais de educação no âmbito da magistratura.

Durante a ação educativa foram organizadas algumas situações de aprendizagem buscando estimular o desenvolvimento das principais competências que o docente deve ter para atuar. Em uma das atividades, os participantes tiveram que organizar o planejamento de ações educativas e de aulas, orientados pelos regentes da ação.

A organização da oficina contou com dois momentos: o primeiro, na modalidade EaD, teve quatro horas de duração e foi realizado em março; nele desenvolveu-se um levantamento das expectativas dos formadores em relação à oficina e à sua atuação como docentes, e também foi estabelecida uma conversa inicial. Na segunda parte, presencial, houve um ciclo de debates sobre referencial teórico indicado, alternado com o exercício de aplicação específica na formação de formadores.

Os conteúdos tratados durante os dias da oficina presencial foram: especificidades do ensino e da aprendizagem; o planejamento de ensino e de situações de aprendizagem; o plano de trabalho na perspectiva do desenvolvimento de competências; a intencionalidade na organização do trabalho pedagógico, entre outros.

Dois formadores regeram a oficina: a pedagoga e mestre em educação pela Universidade de Brasília (UnB) Maria Eveline e o juiz federal Vladimir Santos Vitovsky, doutor pela Universidade de Coimbra no Programa de Doutoramento Direito, Justiça e Cidadania no Século XXI.

Veja mais fotos da oficina no Flickr da Enfam.