Formação Inicial acontece em Pernambuco

Teve início na última segunda-feira (22), na Escola Judicial de Pernambuco (Esmape), o curso Formação Inicial. Desenvolvido e ministrado pelo corpo docente da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), a ação educacional é obrigatória para juízes recém-empossados.

O presidente da Comissão de Desenvolvimento Científico e Pedagógico da Enfam, desembargador Eladio Luiz da Silva Lecey, participou da abertura. Ele destacou a importância de se estar preparado para todos os desafios da carreira e falou sobre a expectativa dos novos magistrados. “O grande anseio que se nota em todos os cursos é a necessidade de se trabalhar a gestão. Nós temos um grande conhecimento jurídico, mas não somos preparados para ser gestores”, afirmou.

No evento, a criação da Enfam e de suas atividades formativas foram exaltadas pelo diretor-geral da Esmape, desembargador Jones Figueirêdo Alves. Segundo ele, o curso Formação Inicial não apenas ensina jurisdição, mas a própria magistratura em si. “Um juiz capacitado faz com que o processo se desenvolva com rapidez, segurança e efetividade”, disse.

Ainda estiveram presentes os desembargadores Adalberto de Oliveira Melo, presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco; Fernando Cerqueira Norberto dos Santos, corregedor-geral da Justiça, entre outros. Após a abertura, os novos magistrados acompanharam a palestra do juiz Roberto José Ludwig sobre o juiz contemporâneo; ética e humanismo.

A Formação Inicial, que segue até amanhã (26), tem carga horária de 40 horas-aula e é destinado a 24 juízes.

Fonte: Esmape, com alterações