Grupo de trabalho se reúne para elaborar diretrizes de avaliação educacional

A elaboração das diretrizes de avaliação educacional no âmbito das escolas judiciais e da magistratura deu mais um passo com a realização do segundo encontro do grupo de trabalho formado por representantes da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) e das escolas de todo o país.

Durante os dois dias, o grupo de trabalho de avaliação já definiu algumas ações a saber: proposta de sumário, desenvolvimento de pesquisas junto às escolas e elaboração do esboço do texto das diretrizes de avaliação.

Durante o encontro, os participantes tiveram oportunidade de conhecer os fundamentos legais de documentos normativos da Enfam, e de perspectivas teóricas da literatura educacional sobre a avaliação em suas diferentes modalidades e abordagens para elaboração de texto das Diretrizes de Avaliação no âmbito das escolas da magistratura.

Para a coordenadora de Ensino da Enfam, Marizete da Silva Cordeiro, os dois dias do encontro foram profícuos para melhor orientar o trabalho do grupo na definição dos aspectos relevantes que deverão ser contemplados nas diretrizes da avaliação destinadas à qualidade dos programas de formação inicial, continuada e de formadores, numa perspectiva de prática formativa e emancipatória no cenário da formação profissional dos magistrados.

Para Luana Pimenta de Andrada, da Escola de Administração do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, o encontro foi positivo, pois o professor expositor Erisevelton Silva Lima, da Secretaria de Educação do Distrito Federal, expôs conceitos importantes de forma clara e objetiva.

Novo encontro do grupo de avaliação foi marcado para os dias 16 e 17 de abril para definir o cronograma final de trabalho conforme critérios estabelecidos pelos participantes (desenvolvimento de pesquisas junto às Escolas e elaboração do texto das diretrizes).