Humberto Martins é homenageado por gestão na Corregedoria do CJF

O diretor-geral da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), ministro Humberto Martins, foi homenageado na manhã desta quinta-feira (7) com o descerramento de seu retrato na galeria dos corregedores-gerais da Justiça Federal. Ele ocupou o cargo no período de abril de 2014 a abril de 2015.

“O cargo de corregedor-geral é árduo de ser exercido, pois implica a obrigatoriedade de averiguar a conduta dos magistrados, nossos pares, atribuição essa que nem sempre é bem compreendida, ainda que gratificante a missão”, observou o ministro, ao agradecer a homenagem. O corregedor-geral da Justiça Federal acumula as funções de presidente da Turma Nacional de Uniformização de Jurisprudência (TNU) e de diretor do Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal (CEJ/CJF).

Na mesma cerimônia, foi homenageado com o descerramento de seu retrato o ministro Jorge Mussi, que sucedeu o ministro Humberto Martins na função de corregedor-geral da justiça federal, de abril de 2015 a outubro de 2015. “Eu e o ministro Mussi não fugimos às nossas responsabilidades. Enfrentamos todas as dificuldades, dando o máximo de nossa capacidade e do nosso tempo. Hoje, podemos dizer que procuramos dar a nossa contribuição para o aprimoramento da magistratura nacional”, comentou o diretor-geral da Enfam.

Para o ministro Og Fernandes, atual corregedor-geral da Justiça Federal, a aposição dos retratos dos ministros que já passaram pelo cargo é uma moldura à memória visual do CJF. Ele afirmou que as administrações dos ministros Humberto Martins e Jorge Mussi foram responsáveis e laboriosas, e que se complementaram.

“Essas tão vivas almas de dois magistrados magistrais conduziram a administração com ideais de pertencimento, de aderência à cultura institucional e ao seu futuro, mas, sobretudo, de reverência à história da Justiça Federal”, destacou o ministro Og Fernandes.

Autoridades

A cerimônia, que ocorreu na sede do Conselho da Justiça Federal (CJF), contou com as presenças do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do CJF, ministro Francisco Falcão, da vice-presidente, ministra Laurita Vaz, e de diversos ministros da Corte Superior.

Prestigiaram, também, a cerimônia, o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), juiz Antônio César Bochenek, o secretário-geral da Enfam, desembargador Fernando Cerqueira Norberto dos Santos, o presidente da Comissão de Desenvolvimento Científico e Pedagógico da Enfam, desembargador Eladio Lecey, entre outras autoridades, familiares dos ministros homenageados e servidores do CJF e da Enfam.