Inscreva-se para o webinário “Um olhar mais atento ao direito de sonhar de crianças e adolescentes no Brasil”

O evento é voltado a magistrados(as) e interessados(as) e será válido para promoção

Ainda estão abertas as inscrições para o webinário “Um olhar mais atento ao direito de sonhar de crianças e adolescentes no Brasil”, promovido pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), a ser realizado nesta sexta-feira, dia 1º de outubro, a partir de 14h30.

O evento, transmitido via plataforma Zoom, será destinado a magistrados(as) e interessados(as) no tema. É importante ressaltar que os participantes receberão certificado válido para promoção.

A vice-coordenadora acadêmica do Mestrado da Enfam e desembargadora federal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), Taís Schilling Ferraz, abrirá o encontro virtual com o tema “Um olhar mais atento aos direitos de crianças e adolescentes”.

“Temos algo a comemorar nos serviços de acolhimento existentes no Brasil?” será o assunto do docente do Mestrado Profissional da Enfam e juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), Marcus Vinícius Pereira Júnior.

Já a discente do Mestrado Profissional da Enfam e juíza de Direito do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), Cláudia Catafesta, trará o tema “Temos algo a comemorar no sistema socioeducativo no Brasil?”.

Por sua vez, a integrante do Grupo de Pesquisa Métodos Consensuais, Justiça Restaurativa e Justiça Multiportas da Enfam e juíza de Direito do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), Fernanda Yumi Furukawa Hata, falará sobre “A adoção do direito de sonhar”.

Clique aqui e registre seu pedido de participação.

E-book

Durante o evento, o juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior lançará seu e-book “Castelo dos Sonhos: a adoção pelo olhar de Aninha”, ilustrado pela artista potiguar Assis Cosa, como presente a todas as crianças e adolescentes do Brasil.

O e-book parte da célebre frase de Gonzaguinha: “Eu fico com a pureza das respostas das crianças”. A obra infantojuvenil busca responder, com as palavras de Aninha, personagem principal, o que é a adoção. Nesse sentido, essa menininha sonhadora deseja mostrar, ao contar a história do seu castelo, o que é adotar, o que é família e o que é amor.

“Espero que os leitores compreendam a essência da adoção, os caminhos tristes e felizes que devem ser percorridos, cheios de lições, aprendizados, tropeços e, acima de tudo, amor, pois lembrando Gonzaguinha, mais uma vez, devemos sempre repetir, acerca da vida, que ‘é bonita, é bonita e é bonita!’”, destaca o autor.