Juízes recém-empossados concluem Curso de Formação Inicial em Pernambuco

Terminou nesta sexta-feira (1/9), no Recife, o Módulo Nacional do Curso de Formação Inicial para magistrados recém-empossados do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE). Ao todo, dez juízes participaram da iniciativa promovida pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

O objetivo do curso é estimular nos novos juízes a capacidade de cultivar o exercício da reflexão crítica diante do seu papel na Justiça. A iniciativa visa também orientar a atuação dos magistrados pela base principiológica constitucional, destacando a ética e o humanismo entre os saberes da formação e prática profissional.

Durante os cinco dias de curso, foram abordados temas que abrangem desde os impactos sociais, econômicos e ambientais das decisões judiciais até demandas repetitivas e grandes litigantes.

Questões de gênero, infância e juventude, além da proteção do vulnerável, também constam do programa, que trata ainda de temas atuais, como o juiz e o mundo virtual, e de questões administrativas, como a gestão de pessoas.

O curso foi aberto na última segunda-feira (28/8) pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Og Fernandes, que é membro do Conselho Superior da Enfam. Na oportunidade, ele aconselhou os novos juízes a terem transparência nas decisões, dialogarem com as partes, assegurarem o contraditório, evitarem a arrogância e utilizarem bom senso e intuição. “Quando errarem, que seja por boa-fé”, afirmou o ministro. “É preciso que a sociedade tenha segurança de que agimos com honestidade”, concluiu.

Clique aqui e veja as fotos no Flickr

Foto: Gleber Nova