Magistrados do Sul participam do módulo 1 do curso Formação de Formadores

Cerca de 40 magistrados da Região Sul iniciaram, na última terça-feira (13), no Tribunal Regional Federal da 4ª Região – TRF4, em Porto Alegre (RS), o módulo 1 do curso de formação de formadores, realizado pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados – Enfam.

A ação educacional tem o objetivo de capacitar os magistrados federais e estaduais para atuar como formadores nos cursos oficiais de formação e aperfeiçoamento de juízes. Nesse módulo, os magistrados são introduzidos a conceitos que os levam, no decorrer do curso, ao domínio das competências necessárias para atuarem como docentes.

“Nas escolas de magistratura há formadores que não tiveram nenhuma formação como professores. O curso traz a possibilidade de ver que, a partir de algumas técnicas, orientações e do pensamento didático, você pode fazer uma aula mais eficaz, atuando de acordo com a necessidade de aprendizado da sua turma”, destacou Maria Eveline, pedagoga da Enfam.

O presidente da Comissão de Desenvolvimento Científico e Pedagógico da Enfam, desembargador Eladio Lecey, fez a abertura do curso e falou sobre a importância de preparar mais formadores de juízes no Brasil. “Precisamos que as escolas de magistratura prestigiem quem faz o curso para ser formador de magistrados, justamente porque é preciso ter pessoas preparadas para esse tipo de formação”, ressaltou.

No primeiro dia do módulo (são três dias de duração), os juízes debateram sobre a docência no contexto da magistratura, o desenvolvimento da formação de juízes e também acerca das especificidades do ensino e da aprendizagem para magistrados.

Até o fim do módulo 1, ainda serão abordadas as Diretrizes Pedagógicas da Enfam, os planejamentos de aula, as avaliações e as autoavaliações. No segundo módulo, o curso será realizado a distância. No terceiro e último módulo, os participantes terão a oportunidade de sistematizar todos os temas abordados. 

Novo integrante do Conselho Superior da Enfam

No dia anterior ao início do curso foi realizada uma reunião com os representantes da Enfam, das escolas, dos presidentes e dos corregedores dos tribunais da região. Durante o evento, que contou com a presença da diretora-geral da Escola Nacional, ministra Maria Thereza de Assis Moura, foi dada posse ao novo conselheiro da Enfam, o juiz federal Antônio César Bochenek. Concomitantemente, representantes desta instituição reuniram-se com coordenadores pedagógicos das escolas estaduais para tratar de questões técnicas.

O juiz federal Antônio Bochenek é o representante indicado da Associação dos Juízes Federais do Brasil – Ajufe para integrar o Conselho Superior da Enfam. Bochenek é jurista e magistrado brasileiro, graduado em direito pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, mestre na mesma área pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná e já foi presidente da Ajufe. O magistrado atuará como conselheiro nos próximos dois anos.