Ministro Humberto Martins apresenta a primeira edição da Revista Enfam

O ministro Humberto Martins, diretor-geral da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), apresentou a primeira edição da Revista Enfam, nesta quinta-feira (18), durante a reunião do Conselho Superior da instituição. A publicação apresenta os resultados da atual gestão da Escola, comandada pelos ministros Humberto Martins, diretor-geral, e Herman Benjamin, vice-diretor.

A revista será distribuída a todas as escolas da magistratura do país em edição impressa e disponibilizada em meio eletrônico, na página da Enfam na internet.

O ministro Humberto Martins abre a edição comemorando os resultados do extenso trabalho realizado nos oito meses de sua gestão. A partir de 16 de dezembro de 2015, data de sua posse como diretor-geral da Escola, as ações da Enfam passaram a seguir o binômio “Participação e Integração”, diretriz determinada pelo ministro.

Dando seguimento aos projetos iniciados por seu antecessor, ministro João Otávio de Noronha, o ministro Humberto Martins iniciou sua gestão determinando a realização de estudos visando à reestruturação normativa da escola, o que resultou na modificação dos normativos que disciplinam os Programas de Formação Inicial, Formação Continuada e Formação de Formadores. Foi também na atual gestão que se procedeu à reformulação do Curso de Formação de Formadores. O curso já está sendo avaliado em um novo formato, passando de 40 para 100 horas-aula. Todas essas informações constam da primeira edição da revista.

Além disso, há dados sobre o desenvolvimento de ações estratégicas a respeito dos temas: educação a distância; novas formas de resolução de conflitos; celebração de acordos de cooperação técnica; e instituição de Grupos de Trabalho.

A homenagem ao idealizador da Escola Nacional, ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira, também tem seu lugar reservado na publicação especial. E, para fechar a edição, a revista apresenta as ações previstas para os próximos meses em que a ministra Maria Thereza de Assis Moura, que já atuou como conselheira do Conselho Superior da Enfam, passará a dirigir a Escola.