Módulo Nacional traz debate de questões de gênero e políticas raciais entre os novos juízes de Mato Grosso do Sul

A Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) realiza, desde a segunda-feira (24/7), o Módulo Nacional do Curso de Formação Inicial, em Mato Grosso do Sul. Participam do curso 18 novos juízes substitutos do TJMS.

No período matutino da última quinta-feira (27), foi envolvido na discussão de trabalho o tema de Questões de Gênero, com a juíza Luíza Vieira, da comarca de Corumbá. Mais tarde, sob a condução do juiz Edinaldo César Santos Jr., do Tribunal de Justiça de Sergipe, os juízes recém-ingressos debateram Políticas Raciais.

Dando sequência à formação inicial, começará, em 31 de julho (segunda-feira), o Módulo Local, sob a coordenação-geral do desembargador Júlio Roberto Siqueira Cardoso, diretor-geral da Escola Judicial de Mato Grosso do Sul (Ejud-MS), com carga horária de 480 horas-aula.

Em complementação ao Módulo Nacional, a Escola Judicial de Mato Grosso do Sul (Ejud-MS) realizará o Módulo Local e trabalhará com as disciplinas do conteúdo obrigatório mínimo estabelecido pela Escola Nacional.

Confira as fotos no Flickr

Fonte: TJMS, com adaptações.