Projeto contra drogas mobiliza crianças de Pedro Afonso (TO)

O Projeto Café Jovem: Vida Sim Drogas Não, iniciativa do Juizado da Infância e Juventude da Comarca de Pedro Afonso (TO), entra em sua segunda fase. Nos dias 24 e 25 de outubro, será realizada a gincana Vida Sim Drogas Não com a participação de crianças de 10 a 14 anos das escolas públicas dos municípios que fazem parte da comarca.

Além do combate ao consumo drogas, a gincana pretende valorizar hábitos saudáveis e promover a melhoria da qualidade de vida das crianças e adolescentes da região. Ao todo, 200 crianças de Pedro Afonso, Bom Jesus do Tocantins e Tupirama participarão de seis provas nos dias 24 e 25. Haverá futsal, corrida do saco, arrecadação de alimentos, teatro, grito de guerra contra as drogas e produção de cartaz educativo com o tema do projeto. Cada prova terá pontuação específica. O resultado de uma delas, a da arrecadação de cestas básicas, será destinado aos pais carentes das próprias escolas participantes.

A programação da gincana Vida Sim Drogas Não se inicia às 17h de quinta-feira (24/10) com uma passeata. Na tarde de sexta-feira (25/10), a competição será encerrada com a premiação das escolas com maior pontuação. Posteriormente, em data a ser definida, haverá a terceira fase do projeto, que consiste na visita às escolas com palestras para os pais dos alunos e entrega das cestas básicas arrecadadas no evento, proposta apresentada pelos diretores das escolas de Bom Jesus, Tupirama e Pedro Afonso.

Prevenção – Criado em 2013 pela juíza da Infância e juventude Luciana Costa Aglantzakis e o assistente social Alessandro de Freitas Porto, o Projeto Café Jovem: Vida Sim Drogas Não tem como objetivo prevenir e combater o consumo de drogas envolvendo crianças e adolescentes das cidades que integram a Comarca de Pedro Afonso.

Para realização da programação, o juizado conta com o apoio do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJTO), dos municípios de Pedro Afonso, Bom Jesus do Tocantins e Tupirama, da Polícia Militar – 3º BPM (Proerd), da Câmara de Vereadores de Pedro Afonso e das escolas estaduais e municipais de Pedro Afonso, Bom Jesus do Tocantins e Tupirama, além do Projeto Amigos do Meio Ambiente (AMA) e de voluntários.

Fonte: TJTO